Pomerode registra 3 focos do mosquito da dengue nos últimos 3 meses

Desde janeiro de 2020 até a segunda semana de março, Pomerode registrou 3 focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, Zika vírus, a febre Chikungunya e a febre amarela. Os focos foram encontrados na rede de armadilhas instalada no município e que são visitadas a cada 7 dias para detectar a presença do vetor. Os agentes de endemias estão realizando as visitas aos imóveis localizados no raio de 300 metros do foco.  

Com a quarentena de prevenção do Covid-19, a Secretaria de Saúde, através da Vigilância Sanitária, solicita auxílio dos moradores para que eliminem qualquer criadouro do mosquito como: prato de vasos de plantas, pneus, lixo (latas, plásticos, lonas, copos, sucatas, etc.), piscinas sem tratamento e sem movimentação da água, cisternas mal tampadas, ralos ou vasos sanitários destampados e que não estão sendo usados entre outros. Ressaltamos que a água parada em pastos ou no barro não são problema para o mosquito Aedes aegypti, somente aqueles locais onde há depósitos artificiais ou as bromélias. 

As agentes de Endemias da Vigilância Epidemiológica nas suas visitas, estão identificados por uniforme e crachá da prefeitura de Pomerode, bem como se locomovem com veículo oficial da Prefeitura.

Data: 23/03/2020
Fonte: Assessoria de Imprensa

Galeria:

Fale com a Prefeitura

3387.7200

SAMU

192

Defesa Civil

199

GETRAN

3387.5973

Conselho Tutelar

3395.6311

PROCON

3387.7220